Artigos e notícias

  • Rudifran Pompeu - Foto: Bob SousaSobre um Tempo em que Fazer Arte Pode ser Crime

    “Quem disse? Quem determinou que um coletivo de artistas não pode usar uma praça pública?” Existe um clima instaurado no Brasil que proporciona o avanço de uma gente com aspiração ao ódio e a intolerância, de gente que criminaliza toda e qualquer ação provida de tesão e alegria, de gente que não aceita diferenças e muito menos a diversidade de expressões promovidas pela arte do teatro e a cultura. Trata-se de gente com preocupações únicas e privadas, portanto idiotas! Cabe recorrer à lembrança de Mario Sergio Cortela sobre a etimologia da palavra “idiota”: o termo possivelmente tenha se originado da [ + ]

Espetáculos

A Casa

Pois se há vida na casa, a porta… Há de estar, como a vida, aberta Carlos Drummond de Andrade O palco: um casarão antigo no bairro da Bela Vista. A peça: a viagem do público por esta casa, cenário das lembranças de um homem que retorna ao lugar onde viveu grande parte de sua vida. […]

Leia mais>>

Vesperais nas Janelas

Recordo tudo na minha meninice. Boa, foi. Me lembro dela com agrado: mas sem saudade(…). Para trás, não há paz. Guimarães Rosa Depois do sucesso de público e crítica de “A Casa” (Prêmio APCA de melhor texto teatral de 2006) o Grupo Redimunho de Investigação estriou em 13 de setembro de 2008 seu segundo espetáculo. […]

Leia mais>>

Marulho: O caminho do rio

Vencedor do APCA 2011 de melhor Texto para Rudifran Pompeu e indicado ao Shell por melhor Direção Musical Fruto de uma pesquisa do Grupo Redimunho entre o Rio São Francisco e o sertão mineiro, Marulho: o caminho do rio é um misto de imaginação e realidade; Tecido com estórias fantásticas de ciganos e erês, cantos […]

Leia mais>>

Tareias

“(…), o real não está na saída nem na chegada, ele se dispõe para gente é no meio da travessia. Guimarães Rosa Quarto espetáculo do Grupo Redimunho de Investigação Teatral, Tareias (no português de Portugal, o mesmo que “surras”, “sovas” e “coças”) é mais um passo do coletivo paulista rumo à construção de uma dramaturgia […]

Leia mais>>

Quando nada acontece há um milagre que não estamos vendo.

Guimarães Rosa

Integrantes

Formado por atores de diferentes escolas e de idades variadas, o Grupo Redimunho de Investigação Teatral sempre se fundamentou na disciplina e estudo da arte dramática como um processo continuo de pesquisa na área cênica .

Rudifran Pompeu Rudifran Pompeu
Giovanna Galdi Giovanna Galdi Carlos Mendes Carlos Mendes Edmilson Cordeiro Edmilson Cordeiro Rafael Ferro Rafael Ferro Keyth Pracanico Keyth Pracanico Jandilson Vieira Jandilson Vieira
Ana Luisa Aun Ana Luisa Aun Danilo Amaral Danilo Amaral Cinira Augusto Cinira Augusto Drica Zangrande Drica Zangrande Lais Blanco Lais Blanco
Ricardo Saldaña Ricardo Saldaña

Espaço Redimunho

O Espaço Redimunho fica localizado na região central de São Paulo, próximo ao metrô Anhangabaú, à Praça Roosevelt e à Rua Augusta. O galpão é um espaço cultural, que além dos espetáculos do Grupo, conta com inúmeras atividades culturais, desde debates, oficinas, festivais e exposições.

O Espaço possui um pequeno teatro de 50 lugares com capacidade para 99 assentos na área cênica. Também possui na parte superior uma área de recepção com bilheteria e foyer, além de área cênica móvel que pode receber atrações musicais com características de pequeno porte a moda dos antigos cabarés artísticos.

Espaço Redimunho
Rua Álvaro de Carvalho, 75, Anhangabaú
(11) 3101-0645

Fale conosco